Coração, pulmões e músculos

Coração, pulmões e músculos: como funcionam no momento da prática de uma atividade?

A prática de uma ou mais atividades físicas já é reconhecida por especialistas de muitas áreas como uma das providências mais saudáveis, eficazes e essenciais para o tratamento de diversas complicações de saúde física e mental e combate ao estresse. Já está comprovado que, para ser saudável, além de alimentar-se corretamente, você deve se movimentar, dando um basta ao sedentarismo.

As atividades físicas são indispensáveis para o desenvolvimento pleno do ser humano e para a manutenção do corpo e da mente, fortalecendo o organismo e o sistema imunológico, sobretudo para que estejamos preparados para enfrentar toda e qualquer ameaça, como, por exemplo, o coronavírus. 

Sabe aquele ditado popular que diz “Tudo o que não é usado acaba enferrujado”? Isso também se aplica ao corpo humano, justamente quando não se pratica algum tipo de exercício físico. 

Mas você sabe o que acontece com seu corpo enquanto se exercita? 

Quem nos ajuda a esclarecer essa questão são os especialistas Rodrigo Junqueira Nicolau, ortopedista, e Marco Aurélio Eichenberger, educador responsável pelo setor de Musculação e Condicionamento Físico da ACM São Paulo.

Ao iniciarmos a prática de qualquer atividade física, o corpo passa por algumas adaptações com o objetivo de otimizar o desempenho e reduzir o risco de lesões ou problemas decorrentes dos exercícios. Aqui, nesta reportagem, a ACM focará nas reações dos músculos, coração e pulmões.

MÚSCULOS FORTES E PREPARADOS

Uma preparação prévia da musculatura a ser utilizada pode reduzir significativamente os riscos de lesões e melhorar bastante o desempenho do praticante. A Musculação é aliada nesse quesito, pois além de fortalecer a musculatura, auxilia na reabsorção de cálcio pelos ossos.

BATE CORAÇÃO 

O coração passa a bater mais acelerado para transportar mais oxigênio e nutrientes para os músculos envolvidos no exercício, podendo atingir picos de até 95% da frequência máxima do indivíduo.

PULMÕES A TODO VAPOR!

Com simples acréscimo na intensidade de qualquer exercício, os pulmões aumentam quase que instantaneamente a ventilação, buscando mais oxigênio para os músculos e a consequente manutenção do exercício por um período mais prolongado.

MODALIDADES ESPORTIVAS

Nas modalidades esportivas, tais como o Basquete, Vôlei e Futsal (esportes criado pela ACM), algumas lesões são bastante comuns, devido ao grande número de saltos, mudanças bruscas de direção e movimentos repetitivos, além do grande contato físico.

:: Basquete: tornozelos, joelhos e ombros;

:: Vôlei: tornozelos, joelhos, ombros e cotovelos;

:: Futsal: joelhos, contraturas e estiramentos musculares.

ATENÇÃO!

Lembre-se sempre de consultar um profissional de Educação Física para orientar você sobre a melhor forma de praticar sua atividade física, sem riscos. 

COMO EVITAR OS PRINCIPAIS PROBLEMAS FÍSICOS NA PRÁTICA DE UMA ATIVIDADE?

:: Entorses de tornozelos e lesões nos joelhos: um bom fortalecimento da musculatura de coxas e pernas pode proteger você de maneira mais eficiente.

:: Tendinites e bursites nos ombros e cotovelos: procure manter sua musculatura bem equilibrada e flexível. Sugestão: utilizar manguitos (Pequena manga para resguardo dos punhos). 

:: Contraturas: fortaleça a musculatura envolvida na modalidade, aqueça bem e evite excessos.

:: Estiramentos: trabalhe sua flexibilidade, mantenha a musculatura bem equilibrada (anterior e posterior, por exemplo) e se aqueça de maneira adequada.

BONS TREINOS!

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *