Gordura abdominal

Gordura abdominal

Dê adeus à gordurinha indesejada localizada  no abdômen aliando uma alimentação adequada à prática regular de exercícios aeróbios.

O acúmulo de gordura deve-se ao consumo exagerado de calorias e à falta de atividade física regular, e, na maioria das vezes, não há doença ou mau funcionamento do organismo associado, instrui a endocrinologista Myrna Campagnoli.

Mas como acabar de vez com a temida barriguinha, ou, no jargão popular das academias, “a pochete”, que tende a acometer não somente as mulheres, mas principalmente os homens. “A forma mais adequada e indicada é, sem dúvida, por meio do exercício aeróbio, como as caminhadas, corridas, pedaladas e natação”, orienta Paulo de Aguiar Prouvot, Mestre em Educação Física pela Universidade de São Paulo (USP) e membro do Conselho da Divisão de Educação Física e Saúde da ACM São Paulo.

Prouvot salienta que não há um exercício específico para as gorduras localizadas e diz que para a diminuição da circunferência abdominal o mais importante é ter uma alimentação adequada combinada com atividade aeróbia. Além disso, o profissional alerta que, antes de se tomar quaisquer decisões frente à realização de dietas e exercícios físicos, o correto é buscar, primeiramente, orientação de um profissional de Educação Física e de Nutrição Esportiva.

Durante a prática de algum exercício aeróbio, as gorduras são mobilizadas e utilizadas como combustível e, automaticamente, reduzidas do corpo. Por essa razão, este tipo de atividade é o mais recomendado para quem almeja eliminar a gordura abdominal, sobretudo os homens, os quais acumulam mais gordura na região ventral, por questões hormonais, do que as mulheres, que a acumulam nos quadris.

Dentre os vilões responsáveis pelo acúmulo de gordura no organismo, o sedentarismo é o principal causador. “Como a pessoa não se exercita, não gasta energia, a quantidade de calorias ingeridas acumula-se”, ressalta Prouvot.

PORTANTO, ACEMISTA, MEXA-SE! Procure um de nossos educadores e participe das aulas do sistema YFitness, que traz variedade de exercícios aeróbios, como YABS, YCircuit, YFight e YGAP.

Embora a questão estética seja a mais perceptível, o que preocupa são as consequências advindas do acúmulo de gordura abdominal, tais como problemas cardiovasculares, diabetes, hipertensão e dislipidemia (aumento do colesterol e dos triglicérides), como observa a endocrinologista. Por isso, mais do que eliminar uma barriguinha indesejada, é preciso evitar e combater essas ameaças à saúde física.

A gordura abdominal também pode aparecer devido à flacidez dessa região. “Dentre as funções dos músculos abdominais está a de proteger e segurar as vísceras e os órgãos internos. A falta de força neles poderá propiciar o aparecimento de uma barriga postural”, explica Prouvot.

Ainda de acordo com ele, outra função é a de manter a coluna ereta, diminuindo a hiperlordose – aumento da curva lombar -, o que também evidencia a barriga saliente. Por isso, o profissional recomenda que, além do exercício aeróbio, se pratique o fortalecimento muscular do abdômen.

“Alguns exercícios abdominais, corretamente realizados, podem ajudar a melhorar a postura corporal, o que certamente melhorará o aspecto estético, minimizando a projeção do abdômen”, declara o profissional, ressaltando que exercício abdominal não faz ninguém emagrecer.

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *