ACM

NOTÍCIAS | BLOG

Emagreça sem pressa!

Dietas milagrosas e tentadoras podem causar sérios riscos e prejudicar o processo para perder os quilos extras

Emagrecer em um mês! Esse é o desejo de qualquer pessoa que quer perder os quilinhos extras: eliminar o máximo de peso e o mais rápido possível. Treinar e tirar todos os alimentos do cardápio são as primeiras atitudes.

Ao observar o comportamento de algumas pessoas na urgência de emagrecer, a impressão que se tem é a de que o mundo vai acabar em poucos dias. Tudo precisa ser feito na hora, da noite para o dia. Inventam mil dietas, treinam sem acompanhamento especializado, ficam sem comer e arriscam a própria saúde em busca de milagres. O que muitos não sabem é que poucas coisas dão resultado dentro dessa perspectiva de emagrecimento rápido.

Profissionais de Educação Física da ACM explicam que a maioria da população que busca atividade física como um dos principais métodos para emagrecer se ilude com a perspectiva de resultados num curto prazo. As pessoas não sabem que o tecido adiposo (gordura) é o mais difícil de ser eliminado necessitando de trabalho intenso, dedicado e em longo prazo.

O correto é realizar a avaliação física e, a partir dela, escolher atividades físicas mais indicadas e propícias para sua saúde e biótipo. Se você não gosta de treinar todos os dias, não se preocupe. Tente praticar duas atividades, no mínimo, três vezes por semana, durante uma hora e meia. Porém, quanto mais dedicação você tiver em seu programa de atividades, mais rápido os resultados serão alcançados. Com um bom programa de atividade física, levado a sério, com dedicação e força de vontade, os resultados fisiológicos logo serão notados.

Na hora de treinar, a alimentação também deve ser levada em consideração. A nutricionista Kátia Iared alerta que nunca se deve praticar exercícios em jejum, independentemente do horário. De 30 a 60 minutos antes do início da aula ou do treino, faça um pequeno lanche, como torradas com queijo magro ou vitamina de leite com frutas, ou apenas uma fruta. Para não sentir algum desconforto, devem ser evitados alimentos ricos em gordura e/ ou que contenham muitas fibras.

Mas o que fazer, então, para emagrecer e manter a saúde?

Segundo os profissionais de Educação Física, o primeiro passo é procurar um especialista. Na sequência, o ideal é fazer uma reeducação alimentar adequada, levando em consideração a individualidade biológica, pois os alimentos gordurosos, na corrente sanguínea, são utilizados como substrato energético durante a atividade física.

A nutricionista explica que é muito importante no processo de emagrecimento realizar uma alimentação equilibrada. A prática de dietas muito restritivas, que proíbem certos alimentos ou grupo de alimentos, realmente pode promover perda de peso, entretanto, existem desvantagens, como:

  • Facilitar a rápida retomada no peso; as pessoas normalmente após um período de restrição severa acabam compensando e retomam o peso anterior;
  • Se realizados com frequência, em médio e longo prazo, podem levar ao “efeito sanfona”, ou seja, o indivíduo emagrece e engorda novamente e cada vez com mais facilidade e com peso maior ao anterior.

Uma dica importante é evitar beliscar entre as refeições, principalmente as tentadoras guloseimas. Segundo Kátia, o ideal é realizarmos as três refeições principais (café da manhã, almoço e jantar) intercaladas das refeições intermediárias (lanches). “Essa prática, se realizada com frequência, acaba naturalmente fazendo parte da rotina. Isso quer dizer que quem está acostumado a comer a cada três horas, aproximadamente, normalmente sente fome quando está chegando a hora da refeição”, afirma.

“Para emagrecer com saúde, devemos pensar diferente, porque a alimentação saudável é a que possui mais benefícios em longo prazo. É a combinação de comportamentos alimentares adequados e a ingestão suficiente dos nutrientes, para que seja possível desfrutar de benefícios, como promoção da saúde, prevenção de deficiências nutricionais, melhora da resistência no organismo, infecções e redução no aparecimento de doenças crônicas”, orienta a nutricionista.

Mitos sobre o emagrecimento

  • Ficar sem comer por horas;
  • Não jantar à noite;
  • Pular refeições;
  • Sacolas envolvendo o corpo para suar mais;
  • Praticar atividade com roupa de frio;
  • Exercitar-se com corpete;
  • Tomar suco de limão antes de iniciar as atividades físicas;
  • Dieta do abacaxi;
  • Comer depois das 20h engorda.

Ficar sem comer com a ilusão do rápido emagrecimento é o mito mais perigoso para quem vai praticar atividade física, pois quando o corpo está trabalhando, exercendo contrações e extensões, ele necessita de alimento para gerar energia e continuar se exercitando. Na falta de algumas substâncias, a gordura deixa de ser degradada e é lançada de forma livre no sangue, impedindo o processo de emagrecimento e criando distúrbios no organismo, podendo causar uma hipoglicemia ou até problemas mais sérios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CLIQUE AQUI
CLIQUE AQUI E REALIZE SUA MATRÍCULA
SAIBA COMO REALIZAR SUA MATRÍCULA.