ACM

NOTÍCIAS | BLOG

Atividade física na Gestação    

Exercícios melhoram a circulação, ampliam o equilíbrio muscular e reduzem o inchaço.

Tratando-se de atividade física e saúde, a prática de exercícios durante a gestação é um dos temas mais discutidos. Os cuidados especiais voltados à mulher, no transcorrer da gravidez, se aplicam também aos exercícios físicos. Mas é seguro praticar atividades durante esse período especial? É, desde que as atividades sejam orientadas por um especialista.

Profissionais de Educação Física ressaltam que, se a mulher já se exercitava antes da gestação, não há razão para suspender as atividades durante a gravidez. Contudo, é necessário verificar se a saúde de ambos, mãe e bebê, não está sendo afetada. O maior problema, no entanto, ocorre quando a gestante não praticava nenhum tipo de atividade física e decide fazê-la nesse período, o que pode ocasionar fatores de risco.

É seguro manter o ritmo que a mulher está habituada, sem aumentar a atividade e evitar exercícios que levem à fadiga, não ultrapassando o tempo máximo de 30 minutos de atividade vigorosa.

Durante uma gestação normal, a prática de exercícios melhora a circulação, amplia o equilíbrio muscular, reduz o inchaço, alivia desconfortos intestinais, diminui cãibras e traz benefícios para o desenvolvimento fetal.

Normalmente, o trabalho de parto em mulheres que praticaram regularmente algum exercício ou esporte fica mais fácil. A musculatura abdominal fortalecida exige menos esforço durante o parto e o assoalho pélvico se afasta com maior facilidade favorecendo a passagem do bebê, o que alivia nas dores, ressaltam os profissionais.

Como todos sabem, exercícios físicos devem ser prescritos por profissionais especializados e, na gestação, essa condição fica ainda mais importante, já que esse período envolve cuidados especiais. Por essa razão, a gestante deve fazer visitas regulares a seu obstetra e adotar práticas adequadas a seu estado físico.

A SEGUIR, ALGUMAS SUGESTÕES DE AULAS PARA AS MAMÃES

YESSENCE

O YEssence é uma atividade física que combina flexibilidade, força, consciência corporal, relaxamento e respiração. São exercícios baseados em movimentos feitos ao mesmo tempo em que se contrai o abdômen e os músculos de assoalho pélvico, região conhecida nessa prática como “core”.

Durante a gestação, os músculos abdominais se distendem para acomodar o crescimento do bebê e, por causa disso, podem ficar enfraquecidos. Os músculos do assoalho pélvico também sofrem grande pressão e tendem a se alongar e a se movimentar mais para baixo da bacia. Como consequência disso, muitas vezes, fica difícil contrair esses músculos e segurar a contração por algum tempo.

Se os músculos pélvicos enfraquecem demais, algumas mulheres têm problemas com escape de urina ao tossir, espirrar e dar risada. A musculatura abdominal também pode apresentar dor nas costas ou região pélvica.

Considerado bom exercício durante a gravidez, o YEssence se concentra nos músculos abdominais e do assoalho pélvico. Alguns médicos não recomendam que se comece a praticar a modalidade justamente na época da gravidez. Se você já praticava, provavelmente poderá continuar, mas consulte antes seu obstetra e converse com o educador para avisar que está grávida.

HIDROGINÁSTICA

A hidroginástica é uma das atividades mais recomendadas para mulheres grávidas por ser uma forma de exercício com intensidade moderada e aliviar o peso durante a flutuação na água, além de diminuir o impacto dos movimentos sobre as articulações do corpo.

CAMINHADA

Além de ajudar a manter a forma, sem forçar os joelhos e tornozelos, a caminhada também é uma atividade física que pode ser realizada ao longo dos nove meses da gestação e ajuda a se livrar do sedentarismo.

Quem já tem o hábito de caminhar deve continuar, mas caso não seja muito chegada aos exercícios, se pretende engravidar, inicie aos poucos com caminhadas mais vagarosas e vá aumentando o ritmo até atingir passos mais rápidos por cerca de 30 minutos, podendo alternar com alguns passos mais rápidos e outros mais lentos.

Durante a caminhada, também procure exercitar o assoalho pélvico (área entre as pernas, a partir do osso público na frente até a base das espinhas nas costas), por isso ajuda bastante durante o parto.

Evite caminhar em horários de sol forte ou quando estiver muito calor. Use roupas leves e confortáveis, além de ter sempre a mão uma garrafinha de água para se hidratar e protetor solar.

Na esteira, o único problema é que, conforme a barriga cresce, existe o perigo de perder o equilíbrio, por isso, ao sentir tontura, pare imediatamente, e evite ler ou assistir TV enquanto caminha. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

CLIQUE AQUI
CLIQUE AQUI E REALIZE SUA MATRÍCULA
SAIBA COMO REALIZAR SUA MATRÍCULA.