Amor acemista

Em uma manhã chuvosa de verão de domingo, cerca de cem jovens se reuniram em uma unidade da ACM. Todos ainda sonolentos, porém, muito bem arrumados, como se estivessem indo para uma cerimônia importante, o que de fato era. O olhar era de ansiedade pelo que se aproximava, pelas cenas dos próximos capítulos. Passados alguns minutos, eles nem se importavam mais com o sono e estavam ali, batucando suas canções, rindo das coisas engraçadas do “rolê” da noite anterior ou, simplesmente, conversando sobre os planos para a próxima gestão do seu Corpo de Líderes.

Ao mesmo tempo, tinha um jovem um pouco mais adulto que estava mais ansioso que os demais. O olhar dele era de felicidade e de uma responsabilidade ímpar. Ele sabia muito bem o que viria pela frente, mas também sabia que não estaria sozinho e que o grupo que fazia parte era unido. Isso tentava fazer com que seus pensamentos ficassem mais tranquilos.

Profissionais acemistas acertavam os últimos detalhes, posicionavam as cadeiras, testavam telão e microfone e o protocolo revisado. Tudo estava pronto para a tão esperada cerimônia de posse dos presidentes e seus vices, bem como seus secretários, dos Corpos de Líderes de todas as unidades das ACMs. Não menos importante, também teríamos a posse do Conselho Campus ACM, com seus novos presidente, vice e segundo-vice-presidente.

Aos poucos, os jovens iam entrando e se posicionando em seus lugares. As meninas com seus vestidos e saltos como quem vão receber um diploma, e os meninos de camisa e gravata prestes a receber uma promoção no emprego. Talvez a sensação seja parecida ou quem sabe a mesma. A responsabilidade é a mesma para esses jovens. O que os espera, em 2017, exige comprometimento do grupo todo e cabe a eles saberem liderar esse grupo para que seja feito um trabalho maravilhoso para sua ACM e pela sua comunidade.

O rosto deles era de alegria e, ao mesmo tempo, de apreensão pelo futuro que os espera. É incrível observar os olhares de um jovem acemista. É um olhar que transparece comprometimento, força, caráter, vontade de lutar por mundo melhor, um olhar voluntário que não vemos em qualquer outro.

Por um instante, paramos para observar nosso novo líder do Conselho CampusACM. Um nervosismo normal o tomava conta, o que era natural pela responsabilidade que lhe era confiada. Mas ele também sabia do seu potencial. Sabia que se estava ali era por algum motivo nobre. De alguma maneira, ele já tinha sido aquele jovem iniciante de um simples Corpo de Líderes que ficava feliz em receber seu certificado de presidente. E hoje ele estava lá para receber seu certificado de posse de presidente do Campus. Liderar é muito mais que isso, e sim, ele sabe disso. Ele aprendeu que sem um grupo forte e unido nada é possível. Que se não existir amor entre esse grupo jamais conseguiremos conquistar nossos objetivos. Entendeu que defeitos e diferenças todos temos, mas que lidar com elas é essencial, mas que no final o amor entre nós prevaleça, pois o nosso objetivo final é ajudar o nosso próximo. E o mais importante, somos espelho para todos esses jovens de Corpos de Líderes. Somos exemplos a ser seguidos.

Vamos errar muito ainda, mas também vamos aprender muito e vamos ensinar, e que quando ensinarmos, seja com amor e dedicação, que nunca nos falte isso. Que nunca deixemos que o orgulho corrompa a humildade do trabalho voluntário. Que possamos sempre amar o próximo como a nós mesmos!

Que neste ano possamos continuar inspirando mais ainda esses jovens, fazendo com que esse amor e brilho em seus olhares continuem sendo revertidos para ajudar a quem mais precisa!

 

Nathalia-Novak-ACM-Voluntaria

Nathalia Novak é associada da ACM Guarulhos desde 1993 e está em seu terceiro mandato como presidente do CampusACM (área responsável pelo trabalho com jovens acemistas). Novak atua como voluntária, na ACM, há 10 anos, tendo iniciado suas atividades nos Y’s Men’s Clubs Guarulhos e Ypê.