Água de coco, um santo remédio!

Aliada da boa saúde e da beleza, a água de coco hidrata, alimenta, revigora e ajuda a emagrecer. Ótima opção para se refrescar neste verão!

Rica em minerais, vitaminas, aminoácidos, antioxidantes, enzimas e carboidratos, que ajudam o organismo a funcionar de forma mais eficiente, a água de coco é reconhecida internacionalmente como o melhor reidratante oral – ou soro vegetal – segundo a nutricionista Madalena Vallinoti. “A Água de coco auxilia a manter o organismo hidratado”, enfatiza.

Com poucas contraindicações, a bebida traz grandes benefícios para os que praticam esportes, uma vez que repõe rapidamente o sódio e o potássio eliminados pela transpiração, e age na diminuição da ocorrência de cãibras. 

“Todas as pessoas podem consumir, mas indivíduos diabéticos, hipertensos e com problemas renais deve ter especial atenção ao consumi-la, para não comprometerem seu bem-estar e controle de sua respectiva patologia”, alerta a profissional, acrescentando que, quando consumida em excesso, pode acarretar complicações a pessoas pertencentes a esses quadros clínicos. Por isso, se você se encontra em uma dessas situações, consulte já seu nutricionista antes de se esbaldar.

Como todo alimento, o consumo exige moderação!

Portanto, a nutricionista recomenda não exceder três copos por dia. Respeitando-se as contraindicações, a bebida ainda pode atuar como calmante natural e ajudar a emagrecer. “Um copo de água de coco, nos intervalos das refeições, ajuda a driblar a fome, além de conter baixas calorias. Por exemplo, um copo de 200 ml é equivalente a 44 calorias”, aponta.

A água de coco também é um isotônico natural, com a vantagem de, na versão não industrializada, não conter conservantes. Sua indicação é sempre a melhor opção, se comparada aos isotônicos tradicionais que estão no mercado, os quais, se ingeridos em excesso, podem alterar as taxas glicêmicas no sangue.

“O consumo de isotônico é importante para atletas e praticantes de exercícios físicos, ou para os indivíduos em situações de intensa desidratação, como diarreias e vômitos. Jamais substitua a água [potável] por isotônicos , porque eles são utilizados em situações pontuais”, adverte Madalena, colocando a água como a primeira opção para a hidratação e a água de coco natural na sequência.

Dentre os benefícios até aqui explorados, não há como deixar de citar que a água de coco também facilita a digestão, o funcionamento do intestino e a circulação sanguínea. “No verão, devido às altas temperaturas, onde podemos desidratar facilmente, beber água de coco reduz consideravelmente os riscos de doenças cardíacas, baixa a pressão arterial e ainda ajuda a prevenir vários tipos de cânceres, pois fortalece o sistema imunológico”, esclarece a nutricionista.

E TEM MAIS!

Para as futuras mamães, que sofrem com azia e enjoos, no início da gravidez, um copo de água de coco gelada pode atenuar tais desconfortos.

E uma pergunta que não quer calar: será que o coco também possui os mesmos superpoderes de sua água? A resposta é: CLARO QUE SIM! Segundo a nutricionista, a polpa do fruto é rica em proteínas, carboidratos – que dão energia aos treinos -, minerais e vitaminas, além de ser “um excelente termogênico que ajuda na queima de gordura corporal acumulada”, finaliza.

 

Fonte: Revista InformACM – Nº43 – 2014 – pág.: 12.