Marísia Donatelli: a força da liderança na ACM São Paulo

Marísia Donatelli, Secretária-Geral da ACM São Paulo, concedeu entrevista à Aliança Mundial das ACMs e mostrou como liderou a Instituição em 2020, em meio à pandemia de coronavírus. Confira a tradução:

“Cada dia na ACM é como o meu primeiro dia”, diz Marísia Donatelli, CEO da ACM São Paulo, quase 60 anos depois de se apaixonar pela organização. “É a minha paixão e o trabalho da minha vida, mas nunca tive um ano tão difícil como foi o de 2020”, continua ela.

Desde o início da pandemia de Covid, em fevereiro, ela fez tudo o que pôde para proteger a ACM São Paulo e sua equipe de colaboradores. “Durante meus 60 anos trabalhando para a ACM, eu nunca tinha visto nada parecido”.

Como líder, Marísia Donatelli enfrentou muitas decisões difíceis em 2020. Em um momento de distanciamento, na verdade, ela precisava se aproximar de voluntários, colaboradores e membros da Diretoria para traçar seus próximos passos. “Sempre conversei com os executivos, funcionários e voluntários para traçar uma estratégia com vistas à preservação da ACM. Mexer com pessoas tem sido a pior parte para mim, pois lidamos com vidas e sonhos”.

A ACM São Paulo teve que fechar por quase sete meses. Situação inédita em 118 anos de história. “Ver as instalações vazias, sem a movimentação de milhares de pessoas nos seus ginásios, salas e piscinas, trouxe uma tristeza imensurável”, declarou Marísia.

A ACM São Paulo é uma das maiores ACMs da América Latina e Caribe, com 11 unidades esportivas e 20 Pontos de Atendimento Social. Anualmente, atende mais de 10 mil pessoas com programas sociais para crianças, adolescentes, adultos e idosos, abrangendo desde a alimentação até a qualificação profissional.

“Em tudo isso, estou orgulhosa de que, embora tenhamos que recuar, também lançamos novidades, incluindo novos programas virtuais. Executamos novos programas de condicionamento físico virtual como ACM Home, não apenas para nossos associados, mas também para o público em geral”.

Mas não foi apenas isso, houve ainda mais ações em meio à quarentena, e ela prossegue:“Fizemos um acompanhamento virtual de todos aqueles que costumam frequentar pessoalmente nossos pontos de atendimento social, principalmente com atividades educacionais e culturais on-line. Mobilizamos doações para famílias e crianças em situação de vulnerabilidade social e, com o apoio de empresas locais e da ACM São Paulo, arrecadamos 01 tonelada de suprimentos para famílias de baixa renda”.

CONFIRA O VÍDEO COM O RESUMO DAS ATIVIDADES REALIZADAS DURANTE A PANDEMIA. CLIQUE AQUI.

Em 2020, Marísia Donatelli teve que se inspirar nos 60 anos de conhecimento da ACM e agarrar-se a todas as realizações deste período. Ela se lembra de quando começou a trabalhar para a Instituição na década de 1960.

BIOGRAFIA

Começou sua história na ACM em 1961, trabalhando com esportes e programas recreativos no Departamento de Crianças. Em 1964, foi convidada a cursar a Escola de Preparação de Executivos, ao mesmo tempo em que cursava Economia na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Ela ampliou sua experiência na ACM trabalhando com crianças, jovens, adultos e pessoas com mais de 65 anos. Depois de se formar, ela ocupou cargos nos Departamentos de Comunicação, Programas, Quadro Associativo e de Arrecadação de Recursos Extraordinários. Tornou-se Secretária-Geral da ACM São Paulo em 2000, e dois anos depois organizou as comemorações do centenário da ACM, um marco histórico da Instituição.

“Desde muito cedo, cuidávamos de pequenas atividades, mas, ao mesmo tempo, preocupávamos com a manutenção e limpeza dos vestiários, ginásios poliesportivos e dos escritórios”. 

Ela se lembra de como as lições aprendidas ao longo de muitos anos de resiliência a ajudaram em 2020: trabalhando duro, de forma firme, transparente e tendo fé. “Estamos sempre nos perguntando como podemos fazer mais com menos recursos. Nós tentamos, tentamos e tentamos novamente”, enfatiza.

Dona Marísia, como é chamada carinhosamente pelos colaboradores, adora assistir e se juntar aos jovens voluntários da ACM quando se reúnem e saem para ajudar as comunidades locais. “Assistir a isso é tão emocionante, tão satisfatório”, diz ela. “Devemos sempre permanecer fiéis à nossa missão de fortalecer pessoas, famílias e comunidades, e servir à nossa comunidade.”

Clique aqui e leia a reportagem na íntegra, no site da Aliança Mundial das ACMs. 

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *