Dia do Acemista

Dia do Acemista.

Parabéns pra você, nesta data querida! E não é um simples aniversário; é a celebração de um marco histórico: 175 anos de existência da Associação Cristã de Moços.

No Dia do Acemista, comemorado em 06 de junho, você e mais 64 milhões de pessoas, de 120 países diferentes, se unirão para parabenizar e reconhecer a importância de uma das mais antigas e respeitadas instituições do mundo.

Celebrar 175 anos é consolidar a história de uma entidade que é referência na transformação de vidas, que valoriza e fortalece o ser humano, mantendo o equilíbrio entre Alma, Corpo e Mente.

Em quase dois séculos de atuação, a ACM contabilizou importantes conquistas e destaques em prol da Humanidade, e mostrou-se pioneira em diversas áreas, sobretudo nos esportes. Acompanhe abaixo os grandes feitos da Instituição, e tenha ainda mais orgulho do movimento gigantesco do qual  você faz parte.

 

DESTAQUES ACEMISTAS

:: Atletas Olímpicos na ACM

Diversos atletas olímpicos medalhistas passaram pela ACM, tais como:

  • Mark Spitz (Natação), que começou sua carreira na ACM Sacramento, Estados Unidos;
  • Horácio Gwynne (Boxe) boxeava na ACM Toronto, no Canadá;
  • Johnny Weissmüller (Natação), que, aos 12 anos, mentiu sua idade para ser aceito na equipe de natação da ACM Chicago, Estados Unidos;
  • Daniel Purvis (Ginástica Artística), que treina na ACM Southport, no Reino Unido;
  • Mathias Kriegger (Judô), membro da ACM Neckarsulm, na Alemanha;
  • Seifu Makonnen (Boxe) trabalhava e treinava na ACM de sua cidade natal, Addis Ababa, na Etiópia;
  • Rena Kanokogi (Judô) competiu num campeonato da ACM Nova York;
  • Gonzalo Garrido (Ciclismo) é membro da ACM Santiago, no Chile;
  • Dara Grace Torres (Natação) ensinou natação na ACM Flórida, nos Estados Unidos;
  • Tomas Gonzalez (Ginástica) participa das atividades promovidas pela ACM Santiago, no Chile.
  • Moacyr Brondi Daiuto, ex-professor da ACM São Paulo, que trouxe ao Brasil a primeira medalha olímpica de Basquete, nos Jogos de Londres, em 1948. Na época, Daiuto estava à frente da equipe, como técnico, e sempre trabalhou incansavelmente pelo esporte, influenciando gerações. Todo o acervo de medalhas, inclusive a olímpica, prêmios e troféus conquistados pelo atleta estão num memorial aberto ao público, localizado na sede da ACM, no seguinte endereço: Rua Nestor Pestana, 147 – Consolação – São Paulo.

 

:: Acampamentos

A ACM é pioneira na organização de acampamentos com finalidades educativas. Eles foram organizados pela primeira vez por Peter Haeren, da ACM Noruega, em 1866. Nos Estados Unidos, o primeiro foi em 1885. Na América Latina, foi realizado, pela primeira vez, na ACM Buenos Aires. Em São Paulo, o marco é o da Represa Billings, a partir de 1930. Saiba mais clicando aqui.

 

:: Taças Olímpicas

A Taça Olímpica é a maior premiação do desporto mundial, do Comitê Olímpico Internacional, o qual reconhece instituições ou associações que mais contribuíram com o esporte. Esse reconhecimento foi concedido à ACM em duas ocasiões: uma em 1920, pela criação do Basquete, endereçado à Springfield College, e outra, em 1929, à Aliança Mundial das ACMs, por sua contribuição ao crescimento internacional do Movimento Olímpico.

 

:: Líderes Mundiais e a ACM

Dois grandes líderes mundiais, uma vez, se posicionaram a respeito da ACM. Mahatma Ghandi disse: “A ACM é uma instituição que mostra sublime vocação espiritual do homem”, e Franklin Roosevelt: “Servindo a juventude, sem distinção de nacionalidade, raça e religião, a ACM é a encarnação dos ideais cristãos e democráticos, pelos quais temos lutado.”

Nelson Mandela tem uma história com a ACM. Mais de 60 anos atrás, ele praticou boxe no que viria a se tornar a ACM Soweto, na África do Sul, para ficar em forma e tentar esquecer, por um momento, a sua luta contra o Apartheid. Ele disse, certa vez vez que “os muros da ACM são encharcados de doces lembranças que vão me encantar por muitos anos”. A jornada da ACM, a luta pela igualdade e por justiça na África do Sul estão estritamente entrelaçados.

Barack Obama jogava Basquete na YMCA Springfield Downtown – Chicago / Illinois.

 

:: A invenção do Basquete, Vôlei e Futsal

A ACM destaca-se pelo seu pioneirismo no esporte mundial ao ter inventado os olímpicos: Basquete, em 1891, e o Vôlei, em 1895. Além disso, criou o Futebol de Salão, em 1930.

 

:: Prêmios Nobel da Paz

Em 1901, Henri Dunant recebeu o primeiro Prêmio Nobel da Paz pela fundamental importância na criação da Cruz Vermelha Internacional. Dunant era dirigente da ACM Genebra. Em 1946, foi a vez de John Raleigh Mott, outro líder acemista, receber o prêmio, em reconhecimento ao trabalho desenvolvido pela ACM no período de guerras. Nos períodos mais críticos das duas grandes guerras mundiais, a ACM potencializou seu trabalho altruísta junto aos refugiados.

 

:: Cruz Vermelha Internacional 

A ideia da Cruz Vermelha nasceu do jovem acemista Henri Dunant, um dos fundadores da ACM, agraciado com o Nobel da Paz. Esta entidade é sinônimo, até hoje, em todos os continentes, de organização independente de socorros, tanto em tempo de guerra quanto em tempo de paz.

Aguarde, logo mais serão acrescentados mais destaques aqui neste espaço. Acompanhe!

 

VOCÊ SABIA?

Dia do Acemista passou a ser comemorado, oficial e anualmente, em 06 de junho, na cidade de São Paulo, a partir de julho de 1997, e, no Estado de São Paulo, em 24 de outubro de 2005.

No Projeto de Lei aprovado pela Assembleia Legislativa e Câmara Municipal de São Paulo consta que a ACM é uma instituição cujos objetivos e realizações justificam a comemoração da data e merece todo o reconhecimento do Poder Público aos relevantes serviços prestados à população em geral, notadamente às comunidades mais carentes.

Os feitos alcançados pela ACM, em mais de um século de realizações, credenciam-na a receber a justa homenagem.

____________

Por essas e outras, orgulhe-se! Você faz parte de um movimento gigantesco, que é muito mais do que imagina.

Muitas felicidades a você, e muitos anos de vida à ACM.