Foram eleitas 14 entidades titulares e 14 suplentes, da sociedade civil, para o biênio 2017-2018.

O Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), órgão da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, responsável por elaborar as normas gerais da política nacional de atendimento dos direitos da criança e do adolescente, além de fiscalizar as ações de execução, observando o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), divulgou na última quarta-feira (20/12) as entidades da sociedade civil eleitas para a gestão 2017-2018.

Dentre as instituições eleitas, destaque à Federação Brasileira das ACMs, representada pelo executivo da ACM / YMCA São Paulo, sr. Adriano de Britos, que foi reeleita uma das 14 titulares do “Eixo III” de trabalho, relacionado às temáticas de saúde, educação, assistência social, esporte, lazer, trabalho, justiça e segurança pública, das crianças e adolescentes em acolhimento, em cumprimento e/ou egressos de medidas socioeducativas.

“A Federação Brasileira das ACMs se sente honrada em participar desse espaço de deliberação de política pública voltada à garantia de direitos de crianças e adolescentes, e agradece a confiança das 46 organizações que nos apoiaram nessa eleição”, declarou Adriano.

Algumas das principais pautas do Conanda são o combate à violência e exploração sexual praticada contra crianças e adolescentes; a prevenção e erradicação do trabalho infantil e proteção do trabalhador adolescente; entre outras pautas que dizem respeito à garantia dos direitos da Criança e do Adolescente, fazendo jus ao ECA.

Abaixo, a lista das entidades da sociedade civil eleitas, tanto titulares quanto suplentes do “Eixo III”:

Associação Brasileira de Educação e Cultura – ABEC / Marista

Associação Nacional dos Centros de Defesa da Criança e do Adolescentes – ANCED

Central Única dos Trabalhadores – CUT

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB

Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB

Federação Brasileira das Associações Cristãs de Moços – ACM

Federação Nacional dos Empregados em Instituições Beneficentes, Religiosas e Filantrópicas – FENATIBREF

Instituto Tellus

Suplentes:

Conselho Federal de Psicologia – CFP

Instituto ALANA

Aldeias Infantis SOS Brasil

Associação Nacional dos Magistrados Brasileiros – AMB

Educação e Mobilização Social – AVANTE

Conselho Federal de Serviço Social – CFESS

Fundação Luterana de Diaconia – FLD

Fundação Abrinq Pelos Direitos da Criança e do Adolescente