ACM

NOTÍCIAS | BLOG

Dores nos pés? Descubra as causas e soluções!

Muitas vezes menosprezadas, dores na região podem ser tratadas de acordo com suas origens.

Cada vez mais, tanto homens quanto mulheres vêm se queixando sobre dores nos pés. O salto alto não é o único vilão nessa história, uma vez que existem diversos outros motivos que podem levar às indesejadas dores. Mas, anime-se! Há tratamentos específicos e profissionais especializados que podem lhe auxiliar a eliminá-las de vez e a ter melhor qualidade de vida.

Segundo a fisioterapeuta Ana Carolina Rocha Nascimento, o “uso de sapatos de salto alto deve ser evitado no dia a dia, pois desloca o centro de gravidade da mulher para frente, sobrecarregando demais a parte anterior dos pés e levando a um encurtamento muscular da panturrilha. Tudo isso causa alterações na postura e na pisada, que podem acarretar dores e lesões nos pés e em outras regiões”.

Porém, há outras causas para as dores, que devem ser investigadas. Entre elas, estão: alterações posturais; uso de calçados impróprios e/ou apertados; alterações nas pisadas e nos arcos plantares; ficar muito tempo em pé, sem as devidas correções; tensão muscular; e a falta de alongamento.

“A forma mais segura de tratá-las é procurar um fisioterapeuta capacitado, para que ele possa realizar uma avaliação completa, não só dos pés, como da postura do paciente, incluindo o exame de baropodometria computadorizada. Nesse exame, uma plataforma equipada com milhares de sensores de pressão envia para o computador todas as informações da pisada da pessoa, como porcentagem de apoio de cada pé, pontos de maior pressão nas plantas, equilíbrio etc. A partir de então, o profissional definirá qual o melhor tratamento”, explica a fisioterapeuta.

 

TRATAMENTOS

De acordo com a dra. Ana Carolina, os tratamentos mais eficazes são:

:: O uso de palmilhas posturais, em que o paciente corrigirá tanto a pisada quanto o alinhamento postural;

:: Alongamentos;

:: Reeducação Postural Global (RPG);

:: Manipulações e Massagens localizadas;

:: Fortalecimento muscular;

:: Uso de alguns dispositivos de alívio de pressão em regiões específicas dos pés.

 

Caso você não sofra com esse mal, mas queira evitá-lo, é necessário que se faça um trabalho de prevenção, com exercícios de fortalecimento dos músculos dos pés, alongamento e massagens para o relaxamento muscular local. Além disso, o uso de calçados adequados e a correção da pisada, quando for preciso, são essenciais para prevenir as dores.

 

Fonte: Revista InformACM

CLIQUE AQUI
CLIQUE AQUI E REALIZE SUA MATRÍCULA
SAIBA COMO REALIZAR SUA MATRÍCULA.