Até logo, amigo!

Até logo, amigo! Classe Up34 de Futsal, da ACM Centro, homenageia e se despede de acemista com quase meio século como associado.

“Nosso grande guru! Estamos aqui, mais uma vez, para tentar expressar o quanto você significa pra nós”, disse, com voz embargada, Sérgio Ferrara, o Preguinho, no início de sua homenagem ao amigo sr. Líbio Seixas Júnior, colega da “Classe das 18h”, a famosa classe de Futsal da ACM Centro, o qual se despediu da ACM, ontem (23/10), após 48 anos como acemista.

“Sei que essa nossa nova fase da sua vida vai nos distanciar um pouco, mas afinal, sua missão agora é passar para seus netos toda essa sabedoria que você tem de sobra. Por favor, não nos deixe órfãos! Que privilégio nós tivemos em ter seu brilho, suas palavras, sua amizade”, concluiu Preguinho, muito emocionado e emocionando a todos os demais colegas e profissionais da ACM presentes.

No ginásio B da referida unidade, Líbio, 71 anos de idade, acompanhava, ao lado de seus três filhos, palavra por palavra, tocado pela surpresa da homenagem, que, na sequência, se completaria na fala da Secretária-Geral da ACM / YMCA São Paulo, Marísia Donatelli. “É muito importante saber que as nossas quadras, as nossas dependências não recebem só o suor da jogada e da participação das atividades, mas que também absorvem lágrimas. Feliz a pessoa que consegue provocar essas lágrimas e, acima de tudo, provocar o exemplo. Peço sempre a Deus que nós pudéssemos a cada dia homenagear alguém. Alguém com o mesmo currículo, com a mesma folha de sabedoria como a sua. Parabéns por toda essa jornada”, declarou.

Complementando a fala da Secretária-Geral, Cristina Neglia, secretária executiva responsável pela ACM Centro e Área de Educação Física e Saúde da Instituição, destacou o espírito familiar que impera na Classe das 18h e deixou as portas abertas da unidade para que o sr. Líbio continue a nos visitar por muitos mais anos: “A gente sabe como essa classe é uma família e da sua dedicação! Não nos abandone. Deixo um certificado de 48 anos com um compromisso de que você vai aparecer, estar conosco e me ajudar a puxar a orelha de alguns aqui. Fica aqui nosso agradecimento! A gente espera que você fique conosco por mais 20, 30 anos”.

Líbio, ou Bigode, muito aplaudido por todos os colegas, agradeceu o carinho e a surpresa agradável, e recebeu das mãos de Marísia Donatelli e Cristina Neglia, um kit contendo o livro do centenário da ACM, Relatório Anual 2018 (balanço socioadministrativo da Instituição) e exemplar especial da Revista InformACM dos 115 anos da ACM / YMCA São Paulo, além de um certificado, parabenizando o acemista pelos quase meio século como associado.

“Esporte não forma caráter, revela o caráter dos outros. Pelo o que vivenciei aqui, consegui conviver com pessoas de um ótimo caráter e de uma ótima formação. Agradeço imensamente esse carinho, tão especial, e, com certeza, eu quero vir aqui bater palmas para vocês. É com alegria que eu vejo esses 48 anos que foram muito prazerosos, e só arrumei amigos aqui, me diverti e isso faz um bem especial pra todo mundo. A mensagem que eu deixo é a seguinte: não deixe sua saúde de lado. Priorize a saúde. E o esporte é a solução para manter a saúde. Muito obrigado!”, encerrou o homenageado, que ganhou, também, uma camiseta autografada com os nomes de toda a turma.

Danilo Seixas, um dos filhos de Líbio, acrescentou estar orgulhoso do pai e também se sentiu homenageado, uma vez que, assim como os demais irmãos, também frequentava a ACM e puderam estar próximos da Classe de Futsal, convivendo numa enorme família. “A turma é uma família, e a gente participou disso. A gente se sente parte dessa homenagem também, e ele é uma referência pra gente, um exemplo a ser seguido, porque todos aqui estamos praticando esportes, vivendo com saúde, seguindo o exemplo do meu pai. Estamos muito orgulhos!”, completou.

CLASSE DAS 18H

A classe, além de ser referência para as demais, é histórica, uma vez que recebeu o Futebol de Salão Clássico em 1940, época em que a modalidade esportiva veio para o Brasil por iniciativa de Habib Maphuz, ex-educador da ACM. “O Futsal começou nesta classe”, afirmou Preguinho, em uma entrevista à Revista InformACM, em 2015.

O sucesso da tradicional Classe das 18h (UP34 – porque só podem participar associados acima desta idade) é devido à participação e à união dos amigos atuais e dos antigos, o que evidencia o verdadeiro espírito acemista. Isso aponta que, de fato, a missão da ACM de fortalecer pessoas, famílias e comunidades é cumprida e vem para demonstrar que a Instituição é muito mais do que se imagina.